EPPGG conquista Prêmio Ministro Gama Filho por trabalho sobre compras públicas sustentáveis

Renato Cader apresenta experiências em órgãos no Rio de Janeiro e no MPF em evento na FGV. Foto: Filipe Calmon / ANESP

Renato Cader apresenta experiências em órgãos no Rio de Janeiro e no MPF em evento na FGV. Foto: Filipe Calmon / ANESP

O Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG) Renato Cader, da 7ª Turma, conquistou o Prêmio Ministro Gama Filho 2016, homologado pelo Conselho Superior da Escola de Contas e Gestão do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (ECG/TCE-RJ). A premiação será entregue em solenidade no dia 24 de outubro, entre 10h e 12h30, no auditório da Escola de Contas e Gestão, no Rio de Janeiro. Além da premiação, o artigo será publicado na revista do tribunal.

O trabalho premiado desenvolvido por Renato Cader teve como tema "Compras públicas sustentáveis: uma experiência compartilhada”, baseado em um dos projetos que implantou como Secretário de Administração do Ministério Público Federal (MPF). Trata-se do quarto prêmio conquistado pelo EPPGG em sua trajetória na carreira.

Antes, quando era Diretor de Gestão do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Cader conquistara o Prêmio Sustentabilidade na Administração Pública, do Instituto Negócio Públicos; fora um dos vencedores do “Prêmio Inovação na Gestão Pública”, da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). Com o prêmio da ENAP, o EPPGG pôde ir à Alemanha fazer visita técnica em várias instituições. Por fim, foi também um dos condecorados no Prêmio do Conselho Nacional do Ministério Público 2015. Todos os prêmios derivam de sua atuação na área de gestão de compras governamentais - compras compartilhadas com critérios de sustentabilidade.

A experiência no MPF foi apresentada em palestra na Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro, na ocasião do lançamento da ResPvblica Vol 14 n 1 Jan/Jun 2015. Relembre clicando aqui.

Leia Mais:

Projeto de EPPGG é finalista no Prêmio do Conselho Nacional do Ministério Público 2015
Projeto coordenado por EPPGG ganha prêmio de sustentabilidade