Projeto de EPPGG é finalista no Prêmio do Conselho Nacional do Ministério Público 2015

 Renato Cader é EPPGG da 7ª Turma. Foto: Filipe Calmon / ANESP

Renato Cader é EPPGG da 7ª Turma. Foto: Filipe Calmon / ANESP

O Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG) Renato Cader é finalista no Prêmio CNMP 2015, realizado pelo Conselho Nacional do Ministério Público. A cerimônia de premiação será realizada nesta quarta-feira (04), a partir das 18h, no hotel Royal Tulip, em Brasília, quando os vencedores serão revelados. Todos os finalistas são premiados.

A "Implantação do Sistema de Compras Compartilhadas Sustentáveis no Ministério Público Federal (MPF)", projeto do EPPGG enquanto Secretário de Administração do órgão, é um dos três finalistas na categoria “Unidade e Eficiência da Atuação Institucional e Operacional”.

No total, foram 396 práticas inscritas e 27 finalistas, em nove categorias.

Clique aqui e veja a lista completa dos projetos finalistas.

Sobre o Prêmio CNMP 2015

O objetivo do Prêmio CNMP é prestigiar os programas e os projetos do Ministério Público que mais se destacaram na concretização do Planejamento Estratégico Nacional e no alinhamento com os objetivos definidos. A premiação é anual e sua organização conta com Conselho Gestor, Comissão Julgadora e Secretaria Executiva.

Esta é a 3ª edição do Prêmio CNMP e, neste ano, 396 práticas concorreram nas seguintes categorias: Defesa dos Direitos Fundamentais; Transformação Social; Indução de Políticas Públicas; Diminuição da Criminalidade; Diminuição da Corrupção; Unidade e Eficiência da Atuação Institucional e Operacional; Comunicação e Relacionamento; Profissionalização da Gestão; e Tecnologia da Informação.

As melhores práticas são escolhidas por uma comissão julgadora e divulgadas durante solenidade a ser realizada durante o Congresso Brasileiro de Gestão, no dia 4 de novembro. Os ganhadores receberão troféu e certificado.