Justiça intima União a comprovar cumprimento de liminar da ANESP

trf1-1024x646.jpg

A União foi intimada a comprovar, em 48h a contar do início da tarde de ontem (7), o cumprimento da tutela de urgência deferida em 29 de março pela 6ª Vara Federal em favor da ANESP no caso das consignações das mensalidades. A determinação da juíza Ivani Silva foi proferida na tarde desta segunda-feira (6), após a Associação notificar a Justiça sobre a retirada do desconto das mensalidades da folha de pagamento dos EPPGGs associados à entidade.

Segundo o despacho, o prazo de 48h para resposta começou a contar às 12h53 desta terça-feira (7) - hora oficial da intimação. Caso não haja retorno, uma multa de R$ 500 por dia foi estabelecida.

A Associação segue acompanhando o andamento e poderá fornecer informações atualizadas ainda nesta semana.