Representantes do CG intensificam articulação na Câmara para buscar valorização das carreiras

 Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Representantes de entidades do Ciclo de Gestão têm se mobilizado nos últimos meses para buscar a valorização das carreiras e, com esse intuito, estiveram presentes, nessa quarta-feira (5), na Câmara dos Deputados, durante votação da PEC 443

Representantes de entidades do Ciclo de Gestão têm se mobilizado mais fortemente nos últimos meses para buscar a valorização das carreiras e, com esse intuito, estiveram presentes, nessa quarta-feira (5), na Câmara dos Deputados. O movimento teve o objetivo de viabilizar a inclusão das carreiras do grupo na votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 443/2009, em discussão no Plenário da Casa, que vincula a remuneração da Advocacia-Geral da União (AGU), da carreira de delegado da Polícia Federal, das carreiras de delegado de Polícia Civil dos estados e do Distrito Federal e dos procuradores municipais a 90,25% do teto do STF.

A articulação abrangeu conversas com assessores e visitas a gabinetes de parlamentares e a lideranças, visando fazer com que Analistas de Comércio Exterior (ACE), carreira de Planejamento e Orçamento, Técnicos de Planejamento e Pesquisa (TPP) e Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG) também conquistem a valorização almejada pelas carreiras da PEC em questão. Apesar do intenso trabalho dos representantes do CG, porém, o acordo de líderes partidários impediu a apensação de outras propostas. A PEC 443 foi aprovada em primeiro turno - 445 votos favoráveis e 16 contra - com o texto que passou pelas Comissões. 

Mesmo sem alcançar a meta do dia, o balanço foi positivo. Diferentes deputados abriram suas portas ao Ciclo de Gestão e, com o apoio da assessoria parlamentar, novas ações estão sendo traçadas para garantir valorização às carreiras do grupo.

Continue lendo no site do Ciclo de Gestão.