LDO é aprovada sem veto de reajustes a servidores

LDO.jpeg

Em votação finalizada na madrugada do dia 12, o Congresso Nacional derrubou a proibição, prevista no texto-base da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), de reajustes em 2019 para servidores públicos e de criação de novos cargos públicos no mesmo ano. O Presidente da ANESP, Alex Canuto, acompanhou, no Plenário da Câmara, a sessão conjunta do Congresso Nacional que aprovou a LDO.

O Projeto de LDO foi criticado por diversas entidades que representam categorias do funcionalismo público, entre elas a Pública - Central do Servidor e o Fórum Nacional Permanente das Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), entidades às quais a ANESP é filiada. A Associação atua para que seja mantido o acordo da Campanha Salarial de 2015, que prevê para janeiro de 2019 a última das quatro parcelas do reajuste salarial, além de articular pela manutenção da realização de concursos públicos.

O texto aprovado pelo Congresso segue para sanção presidencial.