Alunos do mestrado participam de intercâmbio na School of Public and Environmental Affairs

Foto: SPEA

Foto: SPEA

Clipping: ENAP

Cinco alunos do Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Desenvolvimento – oferecido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública (Enap) – participarão, a partir da primeira quinzena de janeiro, de intercâmbio na School of Public and Environmental Affairs (SPEA), da Universidade de Indiana (Bloomington, Estados Unidos). O Programa Enap Fellows é a primeira atividade da parceria firmada entre a Universidade de Indiana e a Enap.

Durante os quatro meses de intercâmbio, os estudantes – que já concluíram todas as disciplinas obrigatórias – cumprirão parte da carga horária optativa do mestrado. Além de assistir às aulas, eles também contarão com coorientadores da Universidade de Indiana, que atuarão como tutores e darão apoio no processo de elaboração de suas dissertações.

A aluna Felícia Mariana Santos, Analista Técnico de Políticas Sociais da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Social do Ministério da Justiça e Cidadania, afirmou que suas principais expectativas para o intercâmbio são absorver ao máximo os conteúdos trabalhados nas disciplinas selecionadas; enriquecer e ampliar os conhecimentos sobre seu tema de pesquisa; experimentar a experiência acadêmica no exterior; aprimorar seu inglês; conhecer pessoas e outras culturas; e ter acesso a novos conteúdos na estrutura oferecida pela Universidade. “Com a experiência, poderei amadurecer minha capacidade analítica sobre a temática de Políticas Públicas e Desenvolvimento, conhecer outras experiências de gestão e enriquecer minha pesquisa da dissertação”, concluiu.

Para o estudante Cássio Mendes David de Souza, Auditor Federal de Finanças e Controle do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União, o intercâmbio poderá trazer uma contribuição relevante para sua formação no mestrado. “Além do que já vem no 'pacote básico' de um intercâmbio, como a oportunidade de conhecer pessoas de diversas nacionalidades, aprimorar o idioma, entre outras, tenho expectativas muito positivas quanto à possibilidade de experimentar um período de dedicação exclusiva aos estudos”, disse. Também influenciou em sua decisão de participar do intercâmbio o fato de a SPEA ser uma escola bem posicionada nos rankings das universidades norte-americanas.

A Enap não oferece bolsa para o intercâmbio, mas, graças à parceria, a universidade possibilitará a participação dos alunos sem nenhum custo administrativo. Os alunos arcarão com os demais custos, como hospedagem, transporte e alimentação. As licenças para participar do intercâmbio foram concedidas pelos órgãos em que atuam os servidores.

Segundo a coordenadora-geral de Pós-Graduação Stricto Sensu da Enap, Michelle Morais de Sá e Silva, a Enap pretende manter a parceria com a SPEA para as próximas turmas de mestrado. Além disso, a Escola está em negociação com outras instituições para oferecer oportunidades de intercâmbio em diferentes formatos. “A ideia é que o aluno possa acessar uma ampla rede de instituições parceiras e, com isso, criar sua própria rede de relações”, afirmou.