EPPGG é nomeado Secretário Executivo do Conselho Nacional de Educação

 Rodrigo Lamego é EPPGG da 9ª Turma. Foto: Arquivo pessoal

Rodrigo Lamego é EPPGG da 9ª Turma. Foto: Arquivo pessoal

O Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG) da 9ª Turma, Rodrigo Lamego de Teixeira Soares, associado da ANESP, foi nomeado Secretário Executivo do Conselho Nacional de Educação (CNE). A designação foi publica no Diário Oficial da União (Dou) de 14 de maio.

Um dos mais importantes órgãos colegiados de políticas sociais do país, o CNE tem como missão assegurar a participação da sociedade no desenvolvimento, aprimoramento e consolidação da educação nacional de qualidade. Dentre suas atribuições, previstas pela Lei 9.131 de 1995, destacam-se: subsidiar a elaboração e acompanhar a execução do Plano Nacional de Educação, emitir parecer sobre assuntos da área educacional e zelar pela qualidade do ensino e pelo cumprimento da legislação educacional.

O Secretário-Executivo do CNE tem a função de assessorar o Presidente do Conselho na fixação de diretrizes, adotar ou propor medidas para o aperfeiçoamento dos serviços do Conselho, e, dentre outros, de supervisionar a execução orçamentária e financeira dos planos, programas e projetos administrativos.

Perfil

Rodrigo Lamego é graduado em Ciências Políticas pela Universidade de Brasília, com Especialização em Assessoria Parlamentar e Relações Governamentais também pela UNB e MBA pela Fundação Getúlio Vargas em Orçamento, Planejamento e Gestão Pública. No setor público, tem atuação destacada no Ministério da Educação (MEC) desde 2005, quando assumiu a chefia de gabinete da Secretaria Executiva. No mesmo ano exerceu o cargo de Assessor do Ministro da Pasta. No ano seguinte, chefiou a Assessoria Parlamentar do órgão, permanecendo na função por mais de cinco anos. Antes de assumir a Secretaria-Executiva do CNE, atuou ainda como Chefe da Assessoria Internacional, em 2011, e como Chefe de Gabinete da Secretaria Executiva do MEC, em 2014. Teve ainda passagens destacadas pelo Ministério do Turismo (MTur) onde, em 2012, atuou interinamente como Chefe da Assessoria Internacional e, até o início de 2014, como Chefe da Assessoria Parlamentar e Federativa.