Congresso Brasileiro de Gestores Públicos ganha destaque na mídia

Evento realizado pela ANESP entre os dias 17 e 19 de outubro reuniu represetantes de dez unidades da federeção e de cinco diferentes países

 Foto: Ascom ANESP

Foto: Ascom ANESP

A produção acadêmica do Congresso Brasileiro de Gestores Público (CBGP) que resultou, dentre outros, na redação da Carta de Intenções da carreira de EPPGG e no pontapé inicial para a criação de federação nacional da categoria recebeu ampla divulgação na mídia especializada, com repercussão inclusive fora do país. O compartilhamento de experiências e o congraçamento de colegas de dez unidades da Federação e de cinco países foi um dos pontos de destaque.

O portal da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (Ebape) apontou o Congresso como “um dos mais importantes da área pública” e destacou o debate sobre “o futuro das carreiras de gestor público no Governo Federal e do Estados”.

A Associação dos Analistas de Planejamento, Orçamento e Gestão de Pernambuco, com ampla representação no CBGP, enfatizou o alcance do evento em sua representação além das fronteiras brasileiras ao afirmar que “na realidade, o congresso poderia ter sido chamado de Congresso Internacional com palestrantes da Argentina, França, EUA, México e Peru”.

E a participação do subsecretário de Responsabilidades Administrativas e Contratações Públicas, da Secretaria de Função Pública do México, Julián Olivas Ugalde, que palestrou sobre a "Gobernanza y Estructuración de la Carrera Laboral de los Ejecutivos Públicos" mereceu atenção especial da comunicação oficial mexicana.

A Associação dos Gestores Governamentais do Estado da Bahia (Aggeb) sublinhou o avanço para a criação da federação nacional das carreiras de EPPGG: “O CBGP discutiu os principais desafios das carreiras e culminou com a assinatura de um protocolo de intenções, pelas entidades representantes dos EPPGG, com o objetivo de criação da Federação Nacional dos Gestores Públicos de Carreira”.

Como palavra final, a do Sindicato dos Gestores Governamentais de Goiás (SindGestor). Segundo eles, o CBGP “cravou um marco na trajetória da Gestão Pública Brasileira e deixou um legado para a história dos gestores públicos do Brasil”.

Fonte: Assessoria de Comunicação ANESP