Secretaria de Assuntos Internacionais do Planejamento tem 4 vagas abertas para EPPGG ou APO

Foto: Glic

Foto: Glic

A Coordenação-Geral de Relacionamento com Organismos Internacionais da Secretaria de Assuntos Internacionais do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (Coger-Seain/MP) está selecionando servidor para a Coordenação de Administração de Pagamentos a Organismos Internacionais (Copag–Seain/MP) e para a Coordenação de Políticas com Organismos Internacionais (Copog–Seain/MP). Os interessados têm até 15 de julho para encaminhar currículo e participar da seleção.

São 4 vagas abertas para servidores efetivos da Carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG) ou Analista de Planejamento e Orçamento (APO), sem disponibilidade, no momento, para DAS. De acordo com o órgão, a lotação implica em possibilidade de participação em reuniões, eventos e viagens relativos a pauta de organismos internacionais.

Confira abaixo os detalhes da seleção:

Disponibilidade de DAS: não há

Critério de seleção:
Análise curricular (tanto no que diz respeito à formação quanto à experiência de trabalho) e entrevista, na qual poderão ser prestadas informações complementares e mais detalhadas acerca dos trabalhos desenvolvidos, bem como avaliados aspectos como facilidade de comunicação e articulação.

Perfil desejado:
Interesse na gestão da participação do Brasil em organismos internacionais; interesse na melhoria de processos da administração pública e na eficiência do gasto público; conhecimento de orçamento público; noções de direito; inglês funcional, com capacidade de leitura e entendimento de documentos.

Habilidades
Análise e organização de informações; capacidade analítica; facilidade na sistematização de informações; saber trabalhar em equipe; boa capacidade de articulação; capacidade de trabalhar atendendo a mais de uma demanda por vez respeitando prazos.

Formação acadêmica
Graduação em Economia, Direito, Relações Internacionais, Administração de Empresas, Comércio Exterior, Contabilidade ou outro curso relacionado.

Experiência profissional
Servidor Público efetivo pertencente à Carreira de Analista de Planejamento e Orçamento ou Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental.

Conhecimentos desejáveis
Espanhol funcional, com capacidade de leitura e entendimento de documentos; conhecimento do SIOP; conhecimento de direito internacional; noções de contabilidade e auditoria; noções de política internacional. 

Endereço eletrônico para envio de currículos: patricia.soares@planejamento.gov.brseain@planejamento.gov.br
Assunto: Seleção de Servidor
Prazo para envio de currículos: 15 de julho

COORDENAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO DE PAGAMENTOS A ORGANISMOS INTERNACIONAIS - COPAG – SEAIN/MP

Temas principais: Análise de solicitações de pagamento de contribuições a organismos internacionais e integralizações de cotas de capital em organismos financeiros internacionais. Instrução de pagamentos de contribuições e integralizações. Preparação da proposta orçamentária anual, preparação de solicitações de crédito orçamentário e revisão do cadastro de ações orçamentárias das ações referentes a contribuições e integralizações. Análise e parecer sobre a internalização de acordos internacionais e outros instrumentos que criam encargos gravosos junto a organismos internacionais. Produção de informativos e relatórios. Sob responsabilidade da COPAG está a instrução dos pagamentos das contribuições à Organização das Nações Unidas (ONU), à Organização Mundial do Comércio (OMC), à Organização Mundial da Saúde (OMS), à Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), entre outros.   

Requisitos obrigatórios:

- Conhecimento da língua inglesa, com capacidade de leitura de documentos;
- Conhecimento de orçamento público;
- Noções de direito;
- Boa comunicação interpessoal e trabalho em equipe;
- Capacidade de trabalhar atendendo a mais de uma demanda por vez respeitando prazos.

Requisitos desejáveis:

- Conhecimento da língua espanhola, com capacidade de leitura de documentos;
- Conhecimento de direito internacional;
- Noções de contabilidade e auditoria;
- Noções de política internacional.

COORDENAÇÃO DE POLÍTICAS COM ORGANISMOS INTERNACIONAIS - COPOG – SEAIN/MP

Temas principais: preparação do posicionamento do país nas estruturas de governança dos organismos financeiros internacionais sob a responsabilidade do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, especialmente em reuniões de Diretoria Executiva e nas Assembleias de Acionistas. Análise dos temas pertinentes ao funcionamento dos organismos a respeito dos quais como membro o país deve se posicionar – demonstrações financeiras, orçamento, estratégias de atuação, aumentos de capital, recomposições de recursos, aprovação de projetos, política de pessoal, entrada de novos membros, políticas de gênero, políticas para jovens, entre outros assuntos. Planejamento e controle orçamentário para as integralizações de cotas nos organismos financeiros internacionais. Preparação da solicitação de pagamento das integralizações de cotas. Processamento dos trâmites referentes a elementos da participação em organismos, incluindo a assinatura de instrumentos de adesão e a promulgação de projetos de lei, decretos e outros instrumentos. Sob responsabilidade da COPOG está a relação do Brasil com o Grupo do Banco Interamericano de Desenvolvimento, o Grupo do Banco Africano de Desenvolvimento, a Corporação Andina de Fomento (CAF), o Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (FONPLATA), o Banco de Desenvolvimento do Caribe e o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola. 

Requisitos obrigatórios:

- Conhecimento da língua inglesa, com capacidade de leitura de documentos;
- Conhecimento da língua espanhola, com capacidade de leitura de documentos;
- Noções de política internacional;
- Noções de economia;
- Noções de direito;
- Boa comunicação interpessoal e trabalho em equipe;
- Capacidade de trabalhar atendendo a mais de uma demanda por vez respeitando prazos.

Requisitos desejáveis:

- Noções de orçamento público;
- Noções de direito internacional;
- Noções de economia internacional;
- Noções de contabilidade e auditoria;
- Comunicação escrita e falada em língua inglesa e espanhola.