Campanha Salarial 2015: Carreiras de Estado mantêm mobilização

 Diretor de Assuntos Jurídicos da ANESP, Alex Canuto, esteve presente na reunião. Foto: Filipe Calmon / ANESP

Diretor de Assuntos Jurídicos da ANESP, Alex Canuto, esteve presente na reunião. Foto: Filipe Calmon / ANESP

As entidades que compõem o Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate) se reuniram, na tarde desta terça-feira (14), em Assembleia Geral. A Campanha Salarial 2015 foi tema preponderante durante o encontro, que teve o Diretor de Assuntos Jurídicos da ANESP, Alex Canuto, como representante dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG).

Os líderes das entidades avaliaram o cenário e os possíveis desdobramentos das negociações no âmbito da Campanha Salarial 2015. Unânimes, reiteraram o descontentamento com o reajuste proposto pelo governo e prometeram manter as bases mobilizadas e continuar as articulações políticas com atores estratégicos. O Fórum deliberou por apoiar a marcha de servidores públicos que ocorrerá no próximo dia 22, em Brasília.

Clique aqui e saiba mais sobre a atuação da ANESP na Campanha Salarial 2015.

Outro tema debatido na Assembleia foi o impacto do corte orçamentário da União na execução das atividades exclusivas de Estado. Alguns órgãos já deixaram de pagar aluguel de sedes por falta de recursos, outros já são obrigados a cortar contratação de estagiários e de terceirizados. Além disso, a restrição de verbas de custeio e diárias comprometem atividades-fim de carreiras de Estado. Nesse sentido, o Fonacate irá preparar documento a ser entregue ao governo federal apontando os prejuízos nas atividades das carreiras de Estado.