Entidades do Ciclo de Gestão e Núcleo Financeiro finalizam Carta aos Presidenciáveis

 Rudnei Marques, Eduardo Rodrigues, João Aurélio, Fábio de Sá e Sandra Leal, representantes da Unacon, Assecor, Anesp, Afipea e Sinal, respectivamente. Foto: Filipe Calmon / ANESP

Rudnei Marques, Eduardo Rodrigues, João Aurélio, Fábio de Sá e Sandra Leal, representantes da Unacon, Assecor, Anesp, Afipea e Sinal, respectivamente. Foto: Filipe Calmon / ANESP

Texto convida candidatos à Presidência da República a assumirem 12 compromissos para a melhoria da Administração Pública

Representantes de entidades que compõem o Ciclo de Gestão e Núcleo Financeiro do Governo Federal se reuniram na manhã da terça-feira (23), na sede da Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Planejamento e Orçamento (Assecor), para finalizar o texto da carta do grupo aos candidatos à Presidência da República. O presidente João Aurélio e o coordenador executivo Paulo Brunet representaram a Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (ANESP).

As carreiras entendem que a Administração Pública precisa ter a capacidade de planejar e executar políticas públicas e projetos para elevar a qualidade da educação, dos investimentos em infraestrutura, combatendo ao patrimonialismo e promovendo sua profissionalização sem perder autonomia e o foco no interesse público. Como alvo, as carreiras indicam que é preciso trabalhar para criar uma máquina pública com burocracia estável, profissionalizada, recrutada por meio de critérios impessoais e organizada em estruturas de carreira e de remuneração.

Clique aqui e acesse a íntegra da carta.

Além da ANESP, participaram do encontro representantes das seguintes entidades:

AFIPEA - Sindicato Nacional dos Servidores do IPEA 
ASSECOR - Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Planejamento e Orçamento 
SINAL - Sindicato Nacional dos Servidores do Banco Central
SINDCVM - Sindicato Nacional dos Servidores da Comissão de Valores Mobiliários
UNACON SINDICAL - Sindicato Nacional dos Analistas e Técnicos de Finanças e Controle

Texto: Filipe Calmon