ANESP enfatiza necessidade de se profissionalizar a administração pública

Durante discurso na comemoração dos 25 anos, presidente da Associação pediu que o ponto entre na agenda da reforma política. Duração do curso de formação também deve ser revisada

 Foto: Ascom ANESP

Foto: Ascom ANESP

A necessidade de se avançar na profissionalização da alta administração pública foi o principal ponto lembrado pelo presidente da ANESP, Trajano Quinhões, no discurso de abertura da comemoração de 25 anos da aula inaugural do curso de formação para EPPGG. O evento foi realizado na noite da última segunda-feira (12), na Escola Nacional de Administração Pública – Enap.

Para o dirigente, a retomada de ações que busquem profissionalizar o funcionalismo, como a substituição de cargos de confiança por funções vinculadas às carreiras, é essencial para a administração pública. Trajano ressaltou que isso levaria benefícios não só à gestão governamental, mas também às atividades políticas, uma vez que elas se concentrariam mais com questões ligadas à formação de coligações baseadas em bases programáticas e à definição de objetivos estratégicos.

“Por estas razões fazemos um chamado às lideranças políticas de nosso país, tanto do Executivo como do Congresso, para a inclusão da reforma profissionalizante da administração na agenda da reforma política”, disse Quinhões.

Outro ponto lembrado por Trajano foi a importância do curso para a formação dos EPPGGs. Quinhões explicou que ele dá subsídios para que os gestores atuem de forma qualificada, com habilidades de negociação, articulação e decisão, em atividades como coordenação de processos de formulação de políticas públicas; implementação de políticas, planos, programas e ações; e definição da agenda estratégica do governo.

Há uma preocupação com a constante redução da carga horária do curso. Originalmente ele teve 2.700 horas-aula, sendo quatro meses somente de estágio supervisionado. Em sua 16ª edição, porém, foram apenas 440 horas-aula ministradas em aproximadamente quatro meses. O aumento do curso é uma das pautas defendidas pela ANESP.

A íntegra do discurso do presidente da Associação pode ser lida aqui.