Em conversa com relator da reforma da previdência, ANESP e carreiras de Estado defendem aprovação das emendas

Alex Canuto e demais dirigentes do Fonacate, em conversa com o Deputado Samuel Moreira, relator da Reforma da Previdência

Alex Canuto e demais dirigentes do Fonacate, em conversa com o Deputado Samuel Moreira, relator da Reforma da Previdência

Na sequência da intensa agenda parlamentar mantida nas últimas semanas, representantes de carreiras que compõem o Fórum Nacional Permanente das Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), entre eles o Presidente da ANESP, Alex Canuto, se reuniram, nesta terça-feira (4), com o relator do texto da Reforma da Previdência, o Deputado Federal Samuel Moreira (PSDB-SP), para defender a aprovação das propostas de emendas feitas pelas carreiras de Estado à PEC 006/2019.

Os representantes das entidades do Fonacate destacaram que há grande insatisfação dos servidores com vários pontos da Reforma. Eles estão expressos nas dez minutas de emendas ao texto do governo, feitas em conjunto, por consenso, por diferentes categorias do funcionalismo público.

Alex Canuto ressaltou também a importância de o relator considerar a manutenção da base de cálculo de benefícios para os servidores que entraram entre 2004 e 2013. “A proposta do governo no que tange às regras de transição tem um impacto grande para os funcionários públicos que estão nessa condição”, comentou o Presidente da ANESP.

A conversa com o relator da PEC 006/2019 foi acompanhada pelo Deputado Federal Professor Israel Batista (PV-DF). A agenda também contou com reuniões com o Deputado Federal Léo Moraes (PODEMOS-RO), que apoiou as propostas de emendas das carreiras de Estado.